Coronavírus


Secretária de Saúde de Garibaldi garante atendimento conforme protocolos

Segundo Simone Agostini de Moraes, todos os pacientes que informam sintomas de Covid-19 recebem atenção conforme recomendações do Ministério da Saúde
25/04/2020 Portal Adesso - Foto: Arquivo

     A primeira morte de um paciente infectado por Coronavírus em Garibaldi causou medo na população. Conforme relatos, o homem teria procurado o serviço municipal de saúde ao menos duas vezes, na última semana, de onde foi liberado após a consulta. Informações preliminares apontam que o mesmo relatou dor nas costas e dores de cabeça, sintomas que não possuem relação com Covid-19.

     Segundo a Secretária de Saúde de Garibaldi, Simone Agostini de Moraes, há possibilidade da vítima ter morrido com o vírus, mas não em decorrência do mesmo. “Uma possibilidade é que neste caso o paciente morreu com o coronavírus, mas não de coronavírus. Não há relatos de pessoas que não apresentavam sintomas graves e vieram a óbito de forma súbita, como foi o caso”, explica a secretária.

     Relatos nas redes sociais, de pessoas que conviveram com a vítima, mostram que o mesmo estava assintomático. 


Confirma a nota oficial da Prefeitura Municipal de Garibaldi


Nota oficial - Novo caso de coronavírus registrado em Garibaldi

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou nesta sexta-feira, dia 24, um novo caso de coronavírus em Garibaldi. Trata-se de homem de 43 anos, que acabou falecendo.

Às 7h15, o Corpo de Bombeiros Voluntários recebeu um chamado de uma residência na comunidade de São Roque Figueira de Mello, sobre um paciente em estado grave. Ao chegar ao Hospital Beneficente São Pedro (HBSP), o homem foi atendido pelo médico de plantão, que constatou o óbito. Foi coletado o material para análise e constatado resultado positivo para coronavírus.

O LACEN/RS dá prioridade às análises de pacientes que vêm a óbito, para que sejam tomados os cuidados necessários no funeral. A vítima saiu do hospital em caixão lacrado e foi transladado para o município de Lagoão (RS).

Mesmo com o resultado positivo, o Covid-19 pode não ser a causa da morte, uma vez que o paciente não apresentou sintomas graves anteriormente.

O paciente procurou atendimento no Pronto Atendimento Médico (PAM) 24h no domingo, dia 19, e na terça-feira, dia 21, e não relatou sintomas característicos de coronavírus.

Os atendimentos médicos em Garibaldi ocorrem baseados nos Protocolos do Ministério da Saúde quanto a casos suspeitos ou não de Covid-19. Todos os médicos do Município possuem conhecimento dos Protocolos, que se encontram disponíveis para consulta em todos os locais de atendimento médico.

Não estando preenchidos os critérios clínicos descritos nos Protocolos do Ministério da Saúde, não se trata de um caso suspeito de Covid-19 e o Ministério da Saúde não preconiza que seja indicado o isolamento por 14 dias nem que se realize a coleta de material para análise.


MAIS NOTÍCIAS