Saúde


Serra se mantém pela segunda semana seguida na Bandeira Laranja

Situação da Covid-19 na região parece ter normalizado, mas todo o cuidado é pouco
11/08/2020 Portal Adesso

     Após três semanas em regime de Bandeira Vermelha no sistema de distanciamento controlado imposto pelo Governo do Estado, a Serra Gaúcha retornou à condição de Bandeira Laranja, em que as restrições apresentadas são mais brandas que no regime da Vermelha.

     Perante os fatos apresentados, a situação da Covid-19 na região parece ter normalizado, mas todo o cuidado é pouco. O município de Bento Gonçalves, por exemplo, continua apresentando altos índices de contágio da doença e número de óbitos. Mas, segundo informações do Grupo Tacchini, o município apresenta situações variadas, horas de pico, horas de queda e, neste momento, a situação está voltada mais para a queda dos índices.

     Já no município de Carlos Barbosa, segundo informações do Hospital São Roque, a situação nos índices de contágio para o vírus está tranquila há pelo menos dois meses, sem notar elevação considerável nos números de infectados.

     Em Garibaldi, de acordo com a médica Lilian Pasin Jacobi, que é Pneumologista do Hospital Beneficente São Pedro (HBSP), a situação de momento é estável, mas requer cuidados. “A nossa situação é estável, mas ainda não está tranquila, precisamos continuar mantendo todos os cuidados”, afirmou.

     Lilian destaca também que a situação da área destinada aos infectados pela Covid-19 está lotada, com a capacidade da UTI do HBSP em 70% de ocupação. “A nossa área da Covid está lotada, tivemos algumas internações nesta última semana, mas muitos pacientes já receberam alta. Mesmo assim, continuamos recebendo pacientes de outras regiões e nossa UTI está com uma ocupação de 70% no momento”.

     A expectativa da população é pela queda nos índices de contágio, que no momento permanecem estáveis. Se esta situação persistir, a região seguirá em um modelo de distanciamento menos restrito, possibilitando assim um reaquecimento maior da economia dos municípios, muito afetada pelos danos causados pela pandemia. 


MAIS NOTÍCIAS