Geral


Supermercado Dia deverá fechar as portas em Garibaldi

Todas as 70 lojas da rede no Estado vão ser fechadas, provocando a demissão de cerca de 753 funcionários
08/09/2020 Coluna Acerto de Contas/Jornal Zero Hora - Foto: Internet

     A rede internacional Dia vai deixar o Estado do Rio Grande do Sul. A informação foi divulgada pela colunista Giane Guerra, do jornal Zero Hora nesta terça-feira (08). Conforme ela, a notícia sobre o fechamento foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Porto Alegre (Sindec), Nilton Neco. 

     Várias lojas do supermercado já foram fechadas e outras, terão suas atividades encerradas ainda no mês de setembro. "Negociamos um acordo com seis meses de plano de saúde, cesta básica e inscrição gratuita em um site de empregos para os funcionários das lojas aqui na região. Mas também há outras redes de supermercados contratando e esperamos que esses trabalhadores sejam recolocados. Agora, o Dia fará um acordo coletivo nos mesmos moldes para lojas de todo o Estado - detalhou Nilton Neco ao Zero Hora.

     A rede Dia chegou a ter mais 80 supermercados no Rio Grande do Sul. Com sede na Espanha, a rede chegou ao Estado em 2011. Operava com lojas próprias e franquias, apostando em operações mais enxutas e preço baixo. A ideia era ser um supermercado de bairro. Para o consumidor gaúcho, o Dia desenvolveu cerca de 30 produtos de marca própria. Tem um centro de pesquisa em Novo Hamburgo e um centro de distribuição em Nova Santa Rita. 

     No ano passado, o Dia foi comprado por um fundo de investimentos russo, mas manteve a sede global na Espanha. Ainda em fevereiro de 2020, a rede anunciou uma mudança na presidência da operação no Brasil. Na ocasião, o Dia tinha 900 lojas e pretendia fazer uma reestruturação. Em 2019, tinha fechado 300 pontos de venda, sendo a maioria franquias. 


MAIS NOTÍCIAS