Geral


Associação do Esqui não vai lançar pista itinerante no aniversário de Garibaldi

Lançamento foi incluído nas festividades do município pela secretaria de turismo sem o consentimento dos associados
20/10/2020 Portal Adesso - Foto: Ilustração

       Em ano eleitoral, a varinha mágica faz buracos sumirem das ruas, obras apareceram e também, vários atos passarem desapercebidos da comunidade. A Estação de Esqui Presidente Médici, a primeira pista artificial da América Latina e o principal ponto turístico de Garibaldi e da Serra Gaúcha teve seu fim derradeiro no governo do prefeito Antônio Cettolin (MDB), que governa o município a 16 anos.

     Logicamente a culpa não é do prefeito, mas foi em seus mandatos que o atrativo turístico acabou, e sua gestão não fez absolutamente nada para manter o Esqui, pelo contrário, foi no governo Cettolin, que mudaram a lei e a área da estação que poderia ser apenas utilizada para fins turísticos, virou um loteamento residencial, sepultando de vez o sonho e a obra do saudoso David Santini.

     Se aproveitando que a Associação Amigos do Esqui está lançando uma pista itinerante, onde Garibaldi poderá assistir novamente a prática do esporte, a administração municipal que nada fez para que o esqui permanecesse vivo, resolveu, sem a permissão da associação, colocar o lançamento da pista na programação de aniversário da cidade, no próximo dia 31 de outubro.

     Convidado em várias oportunidades para participar de reunião na associação, o secretário de turismo de Garibaldi, Paulo Salvi, sempre estava muito ocupado e não participou de nenhuma reunião, porém, sua secretaria municipal arrumou tempo para colocar a lançamento da pista nos folders distribuídos na comunidade. 

     Percebendo que estavam sendo usados como palanque político, associados não gostaram e pediram uma reunião com todo o grupo. A maioria decidiu em não fazer nenhum lançamento em período eleitoral e a prefeitura de Garibaldi vai ter que encontrar outro evento para sua programação do dia 31.

     Educadamente e buscando ficar fora de qualquer polêmica ou questões políticas, a associação enviou uma Nota de Esclarecimento para a redação do PORTAL ADESSO.

     A nota diz que o motivo pelo não lançamento se deve a problemas com o material da pista, mas nos bastidores, sabemos que o motivo foi o que citamos acima. 

Leia a Nota na íntegra:


"NOTA DE ESCLARECIMENTO

Cancelamento da Pista de Esqui Itinerante

A Associação Amigos do Esqui de Garibaldi (A.A.E.G.), vem a público esclarecer que a inauguração da Pista Itinerante de Esqui que aconteceria na data de 31 de Outubro deste ano, foi cancelada tendo em vista a não conclusão da injeção das peças que juntas formariam a pista, no prazo anteriormente divulgado.

O atraso se deu em função da matéria prima ter vindo com erro, tendo uma densidade diferente da necessária para a fabricação das peças, deixando-as mais maleáveis e com sua rigidez incorreta. 

De antemão, deixamos claro que uma nova data será divulgada assim que tivermos o material correto e todos os testes feitos. 

Sempre primando pela oferta de uma boa experiência com nossa associação, nos colocamos a disposição de todos para quaisquer esclarecimentos adicionais"

Rafael Guaragni

Primeiro Secretário



MAIS NOTÍCIAS