Política


Vice de Fachinelli desiste de participar do primeiro debate de TV em Garibaldi

Debate com os candidatos a vice-prefeito de Garibaldi aconteceria nesta sexta-feira (06) nos estúdios do ADESSO TV
05/11/2020 Portal Adesso - Foto: Divulgação

     Infelizmente, os eleitores do município de Garibaldi vão perder a oportunidade de assistir pela primeira vez na televisão um debate eleitoral. Com a inauguração do primeiro canal de televisão local, a eleição de 2020 entraria para a história da cidade.

     Há pelo menos um mês, a equipe do canal ADESSO TV, com apoio da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Garibaldi e Carlos Barbosa, tentava organizar um debate eleitoral com os candidatos a vice-prefeito da Terra do Champanha. Pensando em fazer algo diferente e fugir do tradicional, a equipe se reuniu com representantes das duas coligações. A primeira reunião tratou sobre as entrevistas com os candidatos a prefeito e vice-prefeito, que ocorreram sem nenhum problema e dentro do combinado.

     Na oportunidade foi abordada a intenção de fazer o debate com os candidatos a vice-prefeito e ambas as coligações prontamente aceitaram, faltando apenas decidir dia e horário. No dia 27 de outubro, o chefe de gabinete do prefeito Antonio Cettolin e representante da coligação Garibaldi no Caminho Certo, Micael Caríssimi, sugeriu fazer o debate no dia 06 de novembro, pois era uma data que o candidato Eldo Milani não tinha compromissos. A equipe do ADESSO TV concordou e sugeriu que o horário fosse às 20h, e ficou de procurar a coligação Garibaldi Mais Feliz para ver se também acordavam. O presidente do Partido Progressista – PP, Valério Mayer, prontamente aceitou e então ficamos de realizar outra reunião para definir as regras. Marcada a reunião, o representante da chapa de Antônio Fachinelli não compareceu.

     Como o tempo passava e sem retornos sobre o assunto, no dia 03 de novembro, a equipe da ADESSO TV enviou para ambas as coligações as regras do debate que foram feitas em conjunto com a OAB. Demorando a responder, mais uma vez, a assessoria do candidato Milani disse que teria que fazer outra reunião para definir as regras. Prontamente, o canal aceitou a solicitação e pediu celeridade para que a reunião ocorresse o mais breve possível.

     Mais uma vez, demonstrando desinteresse e desrespeito com tudo o que havia sido combinado entre as partes até então, o chefe de gabinete do prefeito alegou no último instante que o candidato a vice de Fachinelli teria outros compromissos e que estava declinando de participar do primeiro debate eleitoral de TV de Garibaldi. Já os representantes do candidato Sergio Chesini, comunicaram ao canal que continuam à disposição para qualquer debate.

     Pela Lei Eleitoral, poderíamos fazer o debate com um só participante, porém, sempre primando pela imparcialidade e isenção dos fatos, o ADESSO TV decidiu cancelar a iniciativa. Quem perde, são os eleitores de Garibaldi, que teriam uma oportunidade importante para conhecer o perfil dos candidatos, seus compromissos e de que forma vão atuar, caso eleitos, ao lado do próximo prefeito da Terra do Champanha.



MAIS NOTÍCIAS