Coronavírus


Prefeito e secretária de saúde não apresentam plano para frear o avanço do covid em Garibaldi

Representantes de entidades que faziam parte do comitê do coronavirus deixaram de participar das reuniões
07/12/2020 Portal Adesso - Foto: Prefeitura de Garibaldi/divulgação

     Embora o número de pacientes tem batido recorde em Garibaldi, até agora, nenhuma medida foi anunciada para conter o avanço da doença na cidade.  Neste domingo (06), o Comitê de Atenção ao Coronavírus se reuniu para “analisar” a situação da pandemia na cidade, porém, o número de participantes foi muito pequeno. Maioria das pessoas que participavam, deixou de ir nas reuniões, alegando que nenhuma ideia ou solução apresentada nos encontros era acatada pela prefeitura municipal.

     Prefeito, Secretária de Saúde, Chefe de Gabinete, médica da vigilância, representante dos Bombeiros, Brigada Militar e de apenas uma entidade foram até o centro de convivência de idosos para a reunião onde a secretária de saúde disse o que todos já sabiam: “o município está no pico da doença e a situação nunca esteve tão acentuada”. Sendo que o número de pacientes positivos está aumentando tanto na rede púbica quanto privada.

     Conforme a secretária, apenas 15 coletas diárias do exame PCR estão sendo feitas em Garibaldi em enviadas para análise. Na reunião, o prefeito Antônio Cettolin (MDB), não falou de medidas que o município está tomando para evitar a contaminação por covid-19. Cettolin, apenas pediu para a população se prevenir, usar máscara, e cumprir isolamento social.

     Sobre os leitos que haviam sido montados na antiga escola Santo Antônio e foram desativados, o prefeito não tocou no assunto, muito menos sobre os mais de R$ 8 milhões que recebeu do governo federal para combater o Covid-19.  Pelo que se percebe, Garibaldi não tem nenhum plano para o combate a pandemia e muito pouco está sendo feito pelo município.

     As entidades já perceberam isso, e esvaziaram a reunião do comitê que tem servido apenas para agentes políticos “aparecerem na foto”. 


MAIS NOTÍCIAS