Geral


Colunista do Correio do Povo critica Turismo de Garibaldi

Publicação de um dos maiores jornais do RS mostra que ele esteve na cidade e sequer encontrou placas de identificação de hotel
05/01/2021 Portal Adesso - Foto: reprodução Jornal Correio do Povo

     O Jornal Correio do Povo, traz na edição desta terça-feira (05), publicação do colunista Eduardo Conill, onde ele conta que esteve em Garibaldi para passar a virada do ano. “Chegando lá, na quarta-feira, não vimos nenhuma indicação do hotel onde ficamos e a meia dúzia de pessoas a quem perguntamos não faziam a menor ideia da localização”, escreveu ele. 

     O colunista do segundo maior jornal em circulação do Estado ainda ressaltou que ao chegar ao hotel “não aparecia nenhum funcionário da casa para levar a bagagem, tivemos que enfrentar a tarefa. A recepção, um grande espaço no térreo onde também é o café da manhã, tinha só um funcionário atrás do balcão, cumpria a burocracia, mas não se mexia dali”. 

     Conill ainda contou no texto que foi atrás de restaurantes em Garibaldi, porém, os que estavam abertos eram simples e “apinhados” de excursões. Ele finaliza dizendo: É inacreditável que uma cidade turística tenha fechados restaurantes e comércio em um feriadão, deixando a cidade fantasma. O senhor prefeito deveria dar uma olhada nisso com mais acuidade, para incentivar o turismo”.

     Infelizmente, o que retratou o colunista do Correio do Povo, mostra o descaso com a área do turismo em Garibaldi. O antigo governo pouco fez e incentivou o turismo na cidade, mas a secretaria municipal gastou cerca de R$ 21 mil para colocar músicas em postes da rua Buarque de Macedo durante o Natal. 

     O novo governo que assumiu o município e está a apenas dois dias no comando de Garibaldi, ainda não tem secretário de turismo. 

     Cidade turística???


Clique no link e Leia a Coluna de Eduardo Conill

https://www.correiodopovo.com.br/colunistas/eduardo-conill/a-virada-de-ano-em-garibaldi-1.547847

MAIS NOTÍCIAS