Polícia


Possível acerto de contas deixa dois mortos em Bento Gonçalves

Homem teria ido até o bairro Vila Nova matar desafeto e foi linchado por amigos da vítima. Polícia Civil investiga o caso
11/01/2021 Rádio Difusora 890

     Dois indivíduos foram mortos por volta da meia noite e meia desta segunda-feira (11), na rua Arlindo Augusto Menegotto, no bairro Vila Nova, em Bento Gonçalves. Eles foram identificados como Daian Cachoeira, de 33 anos, com antecedentes criminais e Silas Furtado Pereira, 21 anos, também com antecedentes.

     As informações dão conta que o Centro Integrado de Operações (CIOp), da Brigada Militar de Bento foi comunicado, via 190, sobre disparos de arma de fogo no endereço. As guarnições de serviço deslocaram para averiguação e localizaram os dois rapazes em óbito na via pública. Cachoeira foi morto a tiros e Furtado possuía sinais de agressões com pedras e tijolos.

     A autoria e motivação ainda são desconhecidas, bem como as circunstâncias que se deram os fatos. A investigação está a cargo da Polícia Civil.

     Preliminarmente, uma hipótese que é analisada pela polícia é de que Furtado seria morador do bairro Eucaliptos e teria ido até o bairro Vila Nova para um acerto de contas com Cachoeira.

     Quando ambos se encontraram, Furtado acompanhado por amigos, atiraram contra Cachoeira. Em seguida, amigos de Cachoeira conseguiram capturar Furtado e o mataram com pedradas e tijoladas. A violência da morte foi tão grande que ele ficou com o rosto completamente desfigurado. A identidade precisou ser confirmada através de perícia do Instituto Geral de Perícias (IGP).

     Para a polícia, Daian Cachoeira e Silas Furtado pertenciam a grupos rivais e tinham um longo histórico criminal com envolvimento em brigas e tentativas de homicídio.

MAIS NOTÍCIAS