Geral


Empreiteira se manifesta sobre o caso de furto de energia em Garibaldi

Nota de esclarecimento foi enviada a redação do Portal Adesso nesta sexta-feira (12)
12/02/2021 Portal Adesso

     Após repercussão com relação à reportagem publicada nesta quinta-feira (11), onde após denúncia de telespectadores, mostramos que uma obra estava utilizando energia elétrica da caixa de energia da Praça da Martini sem nenhuma autorização da prefeitura municipal, a empreiteira responsável pelo empreendimento se manifestou. Primando sempre pela imparcialidade e sempre buscando saber os dois lados na informação, vamos reproduzir na íntegra a Nota de Esclarecimento da IRMÃOS GASPERIN INCORPORADORA LTDA.

Leia

“Diante das postagens e publicações que vem sendo veiculadas em redes sociais, alusivas há um suposto consumo irregular de energia elétrica na obra do empreendimento “Odille Centro Comercial”, vimos prestar-lhe os devidos esclarecimentos. 

Primeiramente, ressaltamos que o referido empreendimento vem sendo executado em observância e atendimento de todas as normas técnicas e legais, dentro de boa técnica e da legalidade. Com relação ao abastecimento de energia elétrica no canteiro de obras, esclarecemos que, durante toda a execução, o consumo de energia elétrica se deu através de uma ligação provisória (em imóvel privado), não tendo havido qualquer abastecimento por meio da rede “pública” de energia elétrica. 

     Atualmente, o empreendimento encontra-se na fase final de execução, com a presença de equipes “terceirizadas” no canteiro de obras, realizando as instalações elétricas e acabamentos. 

     Ocorre que, no dia10/02/2021, a concessionária RGE procedeu a instalação de um novo poste em frente à obra, para fins de “ligação definitiva” de energia elétrica no empreendimento “Odille Centro Comercial”, ocasião em que foi temporariamente desligada a ligação provisória que, até então, abastecia o canteiro de obras. 

     Após a instalação do referido poste, por desconhecimento e sem autorização da incorporadora, um prestador de serviços terceirizado conectou uma extensão junto à “tomada” da “caixa de luz” instalada na Praça da Martini, ao lado da obra. 

     Diversamente do que foi insinuado na reportagem que vem sendo veiculada nas redes sociais, não houve “gato” ou “furto” de energia elétrica”, mas meramente a conexão de uma extensão junto à tomada instala em praça pública, a qual possui livre acesso, conforme é possível visualizar no próprio vídeo veiculado com a reportagem.

     Por fim, informamos que as equipes terceirizadas já foram devidamente instruídas, e que os devidos esclarecimentos já foram prestados à Prefeitura Municipal de Garibaldi/RS, de modo que a incorporadora se colocou à disposição do Poder Público Municipal. 

IRMÃOS GASPERIN INCORPORADORA LTDA “.



MAIS NOTÍCIAS