Geral


Fake News: Hospital Moinhos desmente vídeo que circula na internet

Circula no whatsapp um negacionista mostrando que a situação no hospital é tranquila
04/03/2021 Portal Adesso

     Com o sistema em colapso e a cada dia aumentando o número de pacientes que procuraram a instituição de saúde em Estado Grave, um dos maiores hospitais do Rio Grande do Sul, que se encontra em lotação máxima, precisa perder tempo para desmentir vídeos de irresponsáveis negacionistas. 

     Em nota, divulgada na noite desta quarta-feira (03), o Hospital Moinhos de Vento esclarece que que as informações no vídeo são falsas e segue operando mais de 100% de sua capacidade. No vídeo citado pelo hospital, um homem se desloca pelas dependências da instituição e afirma que o local não apresenta "tumulto" e que as pessoas estão "tranquilas", insinuando que a situação do coronavírus não estaria grave.

     Na nota, o hospital disse que as informações do vídeo não refletem a realidade atual da instituição, que esse "tipo de conteúdo é irresponsável" e que seus profissionais de saúde se sentiram desrespeitados.  Segundo o Moinhos, além de ter sido captado sem autorização, o vídeo "traz informações imprecisas". A entidade também alerta a população para que "desconfie e não compartilhe informações não oficiais e duvidosas".

Confira a nota na íntegra

"O Hospital Moinhos de Vento esclarece que o vídeo gravado nas dependências da instituição e que sugere que a situação vivida é tranquila não reflete a realidade. Além de captado sem autorização, traz informações imprecisas. O hospital registra, hoje, os mais altos índices de internações e agravamento de casos.

Conforme já divulgado em nota nesta semana, a instituição está com mais de 100% de ocupação dos leitos de terapia intensiva e também opera acima da capacidade destinada a pacientes infectados pelo coronavírus nas áreas de internação.

A ideia de normalidade sugerida pelo vídeo é, na verdade, resultado das medidas adotadas pelo Comitê de Enfrentamento da COVID-19, visando manter os padrões de qualidade assistencial e médica da instituição. O hospital abriu leitos de terapia intensiva de retaguarda e fechou a tenda de atendimento a pacientes com suspeita de infecção pelo coronavírus, citada na gravação, direcionando para o atendimento da Emergência, que só recebe casos classificados como vermelho e laranja. Também, limitou a transferência de pacientes que necessitam de leitos no Centro de Terapia Intensiva. Os esforços são voltados a proporcionar o suporte necessário para ocasionar os melhores desfechos possíveis. Familiares de pacientes com COVID-19 não circulam pelo hospital e são orientados a permanecer em casa, uma vez que as visitas são vedadas nestes casos.

O Hospital Moinhos de Vento reforça que esse tipo de conteúdo é irresponsável e fere princípios legais, pois expõe pacientes da instituição sem autorização de uso da imagem. Também alerta a população para que desconfie e não compartilhe informações não oficiais e duvidosas. Além disso, os profissionais de saúde da instituição se sentiram desrespeitados num momento em que muitos estão privados do convívio familiar e com todas as atenções e esforços voltados ao atendimento dos pacientes com um único objetivo: salvar vidas.

Hospital Moinhos de Vento"


Veja o vídeo irresponsável e mentiroso que circula pela redes sociais




MAIS NOTÍCIAS