Saúde


Quem for pego sem máscara em Carlos Barbosa poderá pagar multa R$ 1.016,16

Agentes da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito realizaram operação nesta quarta-feira (04)
04/03/2021 Portal Adesso - Foto: Reprodução Rede Sociais

     Vendo o número de pacientes infectados pelo covid-19 aumentando na cidade e a estrutura do hospital São Roque estar com sua capacidade chegando ao limite, a Prefeitura Municipal de Carlos Barbosa redobrou a fiscalização nas ruas para evitar a propagação do vírus. 

     Nesta quarta-feira (04), fiscais da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito realizaram uma operação para verificar se os estabelecimentos considerados essenciais e portanto abertos durante a Bandeira Preta estão respeitando as regras e protocolos. Em alguns deles, os fiscais encontraram funcionários destes estabelecimentos trabalhando com a máscara no queixo, em outros, produtos para higiene como o álcool gel estavam distantes da entrada. Dependendo do que encontravam, os fiscais orientavam ou multavam. 

Os fiscais também pararam os pedestres que estavam sem máscaras e aplicaram algumas multas. Pelas redes sociais, circula um áudio de uma mulher que foi multada e teve que assinar um termo circunstanciado. Mesmo sem respeitar as regras do uso da máscara, a mulher esbraveja e reclama muito da multa. 

     O preço da multa é de 2 URM – Unidade de Referência Municipal que tem o valor unitário de R$ 508,08. Portanto, quem andar sem máscara em Carlos Barbosa e for pego pela fiscalização paga R$ 1.016, 16. 

     A infração está amparada pela Lei 3.792 de 30 de Junho de 2020, que Estabelece as sanções administrativas aplicáveis pelo descumprimento das medidas urgentes determinadas para contenção e enfrentamento da epidemia de Coronavírus (COVID-19), no Município de Carlos Barbosa.




MAIS NOTÍCIAS