Esportes


Dener e Murilo estão na expectativa pela reestreia com a ACBF

Campeões da LNF pelo Clube em 2015, os atletas retornaram à Carlos Barbosa nesta temporada
24/03/2021 ACBF

     Enquanto as competições oficiais não começam, a Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF) segue com os treinamentos diários. No entanto, para dois atletas do grupo  a expectativa é maior. O ala Murilo e o pivô Dener, que já viveram momentos especiais no Clube, não veem a hora de fazerem as suas reestreias com a camisa laranja.

    Ambos estavam na campanha vitoriosa em 2015, quando a ACBF foi campeã dos quatro títulos que disputou, entre eles o Estadual e a LNF, inclusive marcando gols na decisão contra a Intelli. Na temporada seguinte ainda conquistaram juntos a Taça Brasil. Em 2017, Murilo foi para o Atlântico e Dener permaneceu no Clube para conquistar a Libertadores, no Peru, antes de ser transferido para o Marreco. “Estou ansioso, por mais que a gente tenha feito alguns amistosos, mas estrear oficialmente é diferente. Estou ansioso e me preparando o melhor possível para poder estrear bem", destacou Dener. “Essa situação da pandemia aumenta a ansiedade pela reestreia. A gente entende a situação, mas a gente quer estar jogando e que as competições comecem. Tivemos um período bom de treinos, estamos assimilando bem as ideias do professor Edgar Baldasso.  A gente já se sente mais preparado para uma estreia”, completou Murilo.

     A previsão inicial era de que a LNF começasse no final de março. Porém, as restrições sanitárias impostas pelo agravamento da pandemia do Coronavírus forçou o adiamento do início da competição. Assim como a realização da final da Liga Gaúcha, que era para ocorrer ainda em março e que também foi adiada, sem previsão de realização. Enquanto isso, a equipe segue treinando forte todos os dias se preparando para a estreia. “Acredito que na parte física eu vivo um dos meus melhores momentos. Estou trabalhando bem com o [preparador físico] Micuim Baldasso e me preparando para fazer um grande ano”, disse Dener, que completou: “a ansiedade é muito grande. Estamos treinando e sem saber quando vamos jogar. Mas temos que entender que é um momento difícil. Enquanto isso, temos que continuar treinando para estar preparado para quando estiver liberado".

     Murilo também considera que está em excelente forma física e admitiu que as primeiras semanas de trabalhos foram difíceis até se adaptar. “Agora já estou me sentindo bem melhor. O primeiro mês da pré-temporada foi bem difícil. Sempre que a gente muda de time, existe uma adaptação. Por mais que a mudança tenha sido dentro do mesmo país, cada preparador físico trabalha diferente. Eu senti um cansaço maior no início. Mas agora já me sinto bem melhor fisicamente. Eu já havia trabalhado com o Micuim e confio muito nele. Eu já vejo uma evolução muito grande de minha parte e na dos atletas na parte física”. Mas o que todos querem é que a bola volte a rolar em jogos oficiais. E a dupla vive a ansiedade de reviver os momentos vitoriosos com a camisa laranja e marcando gols em decisões.

“Fazer um gol num jogo de TV, numa final, como eu fiz na final da LNF 2015 é um sonho e um dos meus objetivos”, comentou Dener. “Marcar gols em decisões é o ápice de um atleta. Estar representando a ACBF em finais já é um privilégio muito grande. A gente olha as fotos e vídeos, lembramos do nosso ginásio lotado. Esse ano espero que passe essa pandemia e que a gente possa ter o contato novamente com o torcedor. Se for numa final seria mais gratificante ainda e vamos trabalhar para isso”, concluiu Murilo.

LNF 2021

     A ACBF irá em busca do hexacampeonato da LNF, que já teve a fórmula de disputa divulgada. As 23 equipes foram divididas em três grupos. A ACBF está no Grupo B, ao lado de Atlântico, Assoeva, Marreco, Joinville, Cascavel, Blumenau e Juventude (MS). Na primeira fase, as equipes se enfrentam em turno e returno. Os cinco primeiros colocados e o melhor sexto garantem a vaga para as oitavas de final.



MAIS NOTÍCIAS