Polícia


Briga de trânsito resulta em lesão corporal grave em Garibaldi

De acordo com testemunhas, um motorista da prefeitura municipal feriu homem com uma faca no bairro Brasília
28/03/2021 Portal Adesso

     Por volta das 15h deste domingo (28), uma briga de trânsito na Rua Batista Locatelli, no bairro Brasília, deixou um homem ferido após levar uma facada na região do abdômen. 

     Segundo o Boletim de Ocorrência, os veículos transitavam por uma via próxima a Rua Batista Locatelli quando um dos carros não ligou a seta para indicar que faria conversão. Após o fato, houve muita discussão um dos motoristas perseguiu o outro que é morador do bairro até sua residência. 

     Em frente à casa, um dos condutores que conforme testemunhas é funcionário público e atua como motorista da Prefeitura Municipal de Garibaldi, desceu do automóvel e ficou discutindo com o outro, porém, este já havia entrado na sua residência e estava com os portões fechados. Percebendo a movimentação e gritaria, familiares e vizinhos do local foram até a calçada e pediram para que os ânimos se acalmassem.

     Quando um familiar tentou afastar o motorista da prefeitura, este com uma faca em mãos desferiu um golpe, ferindo o homem de cerca de 40 anos. Já uma mulher acompanhante do motorista da prefeitura, empurrou com muita força uma idosa de 75 anos que também estava ali pedindo para que a briga parasse. 

     Após o episódio, o motorista funcionário público fugiu do local em alta velocidade, e o homem ferido foi levado para o hospital São Pedro. Ele realizou tomografia para verificar se houve perfuração em algum órgão e encontra-se em observação. Seu estado é estável. 

     Com dados sobre o automóvel e a placa do veículo, a guarnição da Brigada Militar foi até a casa do motorista do município, porém, este não encontrava-se em casa.  Ainda conforme informações, este seria o segundo fato em pouco mais de um mês que o funcionário público teria se envolvido. 

     Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pois devido a Lei do Abuso de Autoridade, a polícia não pode divulgar.



MAIS NOTÍCIAS