Política


Lei dos táxis é aprovada pela Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves

09/07/2014 Rádio Gaúcha Serra

     A Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves aprovou por unanimidade o projeto do Executivo que regula o serviço de táxi na cidade na sessão de segunda-feira (8). A prefeitura pretende lançar a licitação para 30 veículos até meados de agosto. Desses, 12 irão substituir licenças concedidas a partir de 30 de novembro de 2009, quando foi instituída uma lei com trechos considerados irregulares pelo Tribunal de Contas e do Ministério Público.

     Outras 18 serão novas placas em pontos a serem criados em bairros populosos, como São Roque e Santa Marta, e no Centro. Dois dos novos táxis serão adaptados a pessoas com deficiência, um para operar no Hospital Tacchini e outro no Pronto-Atendimento 24 Horas.

     Outra mudança prevista na nova lei é a adoção de uniformes pelos taxistas. O projeto prevê 90 dias após a sanção para o sindicato da categoria definir como será a roupa. O uniforme foi um pedido do setor turístico e é aprovado pelo Sindicato dos Taxistas. Segundo o presidente da entidade, Paulo Redante, haverá reuniões para definir a vestimenta, mas ele acredita que o que haverá é apenas uma padronização de cores e adoção de camisa polo com autorização do uso de calça jeans ou calça social. "Participamos das discussões sobre a lei.

     Não ficou 100% como a gente queria, mas não está ruim. São muitas mudanças. Vai demorar um pouco até nos adaptarmos. Nessa questão do uniforme, alguns têm reclamado, mas será mais uma padronização, nada formal", diz o presidente do Sindicato dos Taxistas.

     Hoje, Bento tem 92 táxis. Com as novas placas, a cidade chegará a 110. Depois de receber o texto de volta da Câmara, o prefeito Guilherme Pasin terá 15 dias para sancionar a lei, que tem origem no Executivo.

 

MAIS NOTÍCIAS