Saúde


Garibaldi, Farroupilha e Bento recebem mais medicamentos do kit intubação

Remessa do Governo do Estado vai contemplar 62 hospitais de 47 municípios gaúchos
19/04/2021 Portal Adesso - Fotos: divulgação

     A Secretaria Estadual da Saúde (SES) e o Exército Brasileiro (EB) entregaram terça-feira (19), quase 124 mil medicamentos do kit intubação para 62 hospitais em 47 municípios do Rio Grande do Sul. É a maior remessa de medicamentos desde o início da pandemia. A lista de hospitais contemplados foi definida pela equipe técnica do Departamento de Gestão da Atenção Especializada da SES, que considera os dados de estoque e consumo informados pelos próprios estabelecimentos. Os medicamentos chegaram ao Estado no dia 17 de abril e estão armazenados no 3º Batalhão de Suprimento, em Nova Santa Rita, de onde o 3º Grupamento Logístico fará a distribuição.

     Os bloqueadores neuromusculares, relaxantes musculares e sedativos são utilizados no procedimento de intubação em pacientes com dificuldades respiratórias foram enviados pelo Ministério da Saúde (MS) a partir de uma doação da Vale S.A. O lote é formado por fentanila (1.910 ampolas), propofol (22.620 ampolas), midazolam (77.850 ampolas) e besilato de cisatracúrio (21.450 ampolas), totalizando 123.830 unidades. A quantidade será suficiente para manter os estoques de fentanila para onze hospitais em até um dia; de propofol para 42 hospitais em até seis dias; de midazolam para 45 hospitais em até dois dias; e de cisatracúrio para 32 hospitais em até sete dias.

     Já foram entregues aos hospitais do Estado cerca de 470 mil unidades de medicamentos, adquiridos pelos governos federal e estadual desde o começo a pandemia. A responsabilidade pela compra é das instituições hospitalares, não sendo atribuição da Assistência Farmacêutica do Estado. No entanto, frente à dificuldade de obtenção no país e ao aumento da demanda desde o ano passado, o governo do Estado e o MS se articularam para comprá-los excepcionalmente e distribuí-los às instituições com baixa reserva e que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

     A SES faz um levantamento semanal do estoque dos 22 medicamentos para intubação nos hospitais e pronto atendimentos a fim de acompanhar a quantidade de cada um na rede hospitalar, que sofre escassez desde julho do ano passado em decorrência da pandemia. Já foram adquiridos medicamentos no mercado nacional e internacional, tanto pelo Ministério da Saúde quanto pelo Estado.

    Cidades que receberão os medicamentos: Alegrete, Bagé, Bento Gonçalves, Cachoeira do Sul, Cachoeirinha, Campo Bom, Canela, Canguçu, Canoas, Capão da Canoa, Carazinho, Caxias do Sul, Charqueadas, Cruz Alta, Espumoso, Esteio, Estrela, Farroupilha, Faxinal do Soturno, Frederico Westphalen, Garibaldi, Gramado, Guaíba, Igrejinha, Ijui, Lajeado, Montenegro, Osório, Parobé, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Quarai, Rio Grande, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, São Gabriel, São Jerônimo, São Marcos, Soledade, Taquari, Tenente Portela, Torres, Três Passos, Venâncio Aires e Viamão.



MAIS NOTÍCIAS