Saúde


Após 60 dias, UTI do Tacchini volta a operar abaixo dos 100%

Atualmente, o hospital conta com um a taxa de ocupação de 88,8%
04/05/2021 Portal Adesso - Foto: Divulgação/Hospital Tacchini

     A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Tacchini de Bento Gonçalves voltou a trabalhar dentro dos limites de capacidade nos primeiros dias de maio, após 60 dias de superlotação. Desde o dia 1º, a instituição registra 45 pacientes graves ou menos em sua estrutura. Nesta terça-feira (04), são 40 leitos ocupados e 5 vagos, o que corresponde a uma ocupação de 88.8%. 

     Durante os últimos dois meses, o Tacchini chegou a operar com picos de 160% de ocupação, com 72 pacientes graves para 45 vagas de UTI. A situação obrigou o hospital a decretar o colapso no seu sistema de saúde no dia 7 de março. Apesar do esgotamento de recursos, a instituição sempre manteve as portas do Pronto Socorro abertas para novos casos. 

     Para garantir que nenhum paciente ficasse sem atendimento, várias atitudes foram tomadas pelo hospital, em conjunto com o poder público. Entre elas, a readequação de estruturas internas, a criação de novos ambientes para receber e estabilizar pacientes de alta e média complexidade até que houvesse condições de encaminhá-los a um leito regular de UTI, a convocação de profissionais da saúde que estavam de férias e a suspensão de cirurgias eletivas.


MAIS NOTÍCIAS